Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > IFMA gradua licenciadas em Ciências Biológicas
Início do conteúdo da página Notícias

IFMA gradua licenciadas em Ciências Biológicas

Cerimônia foi realizada no dia 11 de dezembro, no Auditório do campus.
  • Maycon Rangel
  • publicado 19/12/2019 10h31
  • última modificação 19/12/2019 11h59

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Barreirinhas realizou no dia 11 de dezembro, no Auditório da unidade, a cerimônia de colação de grau de três acadêmicas do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas: Anna Kelly Pereira Martins, Kelly Vale Silva e Laura Maria Rocha.

O pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Carlos César Teixeira, representou o reitor Roberto Brandão na cerimônia e destacou o alcance e a transformação de vidas promovida pela Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica. “O IFMA faz parte de uma rede que completa 110 anos em 2019 e que já passou por várias transformações. A mais recente delas foi a criação dos Institutos Federais, que estão completando 11 anos. No Brasil todo, são quase 1 milhão de estudantes que têm acesso a uma educação de qualidade”. O pró-reitor também parabenizou as formandas pela trajetória acadêmica e desejou êxito em suas carreiras. “Ser licenciado talvez seja uma das profissões mais desvalorizadas, mas também uma das mais gratificantes, por vocês terão a oportunidade de transformar vidas!”.

O diretor-geral do Campus Barreirinhas, Valdir Damascena, falou sobre a expansão do ensino superior no Brasil, mas ressaltou que o acesso a esse nível de ensino ainda é muito restrito. “Não é uma jornada fácil. Parabéns a todas vocês por terem chegado aqui. Agora, vocês têm condições de transformar a sociedade e contribuir com o crescimento de Barreirinhas e do Estado do Maranhão. Vocês representam a importância de interiorizar a oferta de educação superior. Nosso propósito agora é ampliar essa oferta, com cursos de especialização, mestrado e doutorado”.

A coordenadora do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas e paraninfa da turma, Adriana Marques, mencionou que esse é um momento de orgulho e alegria para a instituição e para as alunas, destacando o quanto a educação pode ser transformadora. “Com a educação, podemos mudar a nossa realidade. Eu sou uma prova disso. Espero que vocês tenham paciência. Vocês vão alcançar todos os sonhos que desejarem; não desistam nunca. Vocês podem tudo, basta lutar!”.

A mesa diretora da cerimônia também foi composta pela diretora de Desenvolvimento Educacional do campus, Marinelma Meirelles; e pelo professor Luiz Roberto Costa.

 

Realização de sonhos

A oradora da turma, Kelly Vale Silva, falou sobre o papel do IFMA em sua formação intelectual, desde o curso técnico de nível médio até a graduação, e o quanto esse momento é significativo na vida dela e das colegas de turma. “Hoje é dia de festejar tudo o que passamos ao longo desses quatro anos. Tudo o que aprendemos aqui não será em vão. Tudo o que está acontecendo no Brasil nos mostra que é preciso levar ciência para a sociedade mais do que nunca. Agora teremos a oportunidade de compartilhar todos os conhecimentos que adquirimos em nossa formação”. Ela e as colegas realizaram uma homenagem póstuma à estudante Cesarina Rocha Ferreira, nome escolhido pela turma. A mãe de Cesarina, Dalvanira Rocha Ferreira, participou da cerimônia e recebeu das três alunas um diploma simbólico com o nome da filha. “Foi Cesarina quem idealizou esse momento. Ela continuará entre nós, mesmo que não mais fisicamente”, disse Kelly Vale Silva.

“Esse momento representa alegria, aprendizado e amadurecimento. Olhando para trás, posso ver que se você quer, se você tem um sonho, você corre atrás e consegue. Quando se faz um curso superior, você precisa enfrentar desafios, mas, ao final, tudo se transforma em aprendizado”, ressalta a formanda Laura Maria Rocha. Ao longo curso, ela participou de projetos de iniciação científica na área de Ecologia, desenvolvendo pesquisas sobre preservação de recursos naturais e pretende seguir tanto a carreira acadêmica quanto atuar como professora de Biologia.

 

Galeria de fotos

Mais fotos

Fim do conteúdo da página