Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Campus realiza curso de desinfecção química de superfície
Início do conteúdo da página Notícias

Campus realiza curso de desinfecção química de superfície

Objetivo é garantir que o setor de turismo retome com segurança as atividades econômicas, superando a crise provocada pela pandemia de Covid-19
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 16/10/2020 19h49
  • última modificação 16/10/2020 20h49

Durante o curso, foram discutidos os protocolos de segurança a serem seguidos por profissionais e visitantes

Buscando ajudar o setor de turismo a superar a crise provocada pela pandemia de Covid-19, retomando com segurança as atividades econômicas, o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Barreirinhas promove o projeto “Combate ao novo coronavírus na rota turística dos lençóis maranhenses: preparação dos profissionais do turismo para a desinfecção química”. De 28 de setembro a 6 de outubro, foi realizado o minicurso “Desinfecção química de superfícies”, com cinco turmas formadas em Barreirinhas, Tutória e Santo Amaro.

Em Barreirinhas, foram três turmas, duas na sede e outra na localidade Atins. Santo Amaro e Tutóia participaram cada município com uma turma. O curso foi realizado por uma equipe de servidores do IFMA, em parceria com as Secretarias de Turismo de Barreirinhas, Tutóia e Santo Amaro, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e a Associação do Trade Turístico de Tutóia.

O objetivo da iniciativa foi promover formação para que profissionais de setores ligados ao turismo da região dos Lençóis Maranhenses realizem desinfecção química em seus ambientes de trabalho. No minicurso foram discutidos aspectos específicos de processos de desinfecção química (escolha de desinfetantes para diferentes superfícies, cuidados no manuseio e armazenamento, interações entre os produtos químicos, dentre outros) sob a responsabilidade dos servidores do Campus Barreirinhas Joyce Mesquita e Ananiel Lima.

Foram abordadas ainda discussões sobre os setores participantes, a fim de que fossem buscadas estratégias de superação da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus na região. No segmento de hospedagem e turismo, as discussões foram realizadas pelo professor Marcelo Saldanha; no segmento de esporte e lazer, pelo professor Manoel Renato Farias; e no segmento de manipulação de alimentos, pelo técnico Christiano Jorge Campos e a professora Daniela Nascimento.

Como material de apoio para a realização do minicurso, foi desenvolvida uma cartilha com informações para realização segura de processos de desinfecção química e dicas para adequação dos espaços de trabalho dos setores contemplados pelo projeto. A cartilha impressa foi distribuída entre os participantes e será disponibilizada uma versão digital para a comunidade em geral.

Para a professora Joyce Mesquita, “a ação permitiu um novo olhar sobre a desinfecção química para os participantes, fazendo-os perceber que aspectos dos protocolos de segurança adotados necessitavam de adequação, como utilizar desinfetantes eficazes, de fácil aplicação e baixo custo, indicados pela ANVISA [Agência Nacional de Vigilância Sanitária] para o combate ao novo coronavírus”. Outro importante resultado do minicurso foi alertar para práticas mais seguras de manipulação dos desinfetantes, minimizando os riscos de intoxicação e acidentes.

O secretário de Turismo de Santo Amaro, Jorge Augusto Santos, destacou a importância da temática do minicurso para adequação dos empreendimentos que constituem a rota turística dos Lençóis Maranhenses ao realizarem adequadamente os protocolos de segurança e garantirem um retorno seguro às atividades que movimentam a economia local.

registrado em:
Fim do conteúdo da página