Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Sobre o Campus
Início do conteúdo da página

Sobre o Campus

publicado 30/04/2015 20h30 | última modificação 09/07/2015 15h14
Fachada do Campus Barreirinhas

Sede do IFMA Campus Barreirinhas

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Barreirinhas foi criado por meio da Portaria/MEC Nº 1.170, de 21 de setembro de 2010, publicada no Diário Oficial da União (DOU) de 22 de setembro de 2010, compondo a Fase II do Contexto da Expansão da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, juntamente com os campi Alcântara, Bacabal, Barra do Corda, Caxias, Pinheiro, São João dos Patos e Timon. Com o objetivo de atender à demanda local, seus eixos tecnológicos de atuação principais são: Turismo, Hospitalidade e Lazer e Recursos Naturais.

O Campus Barreirinhas iniciou suas atividades no primeiro semestre de 2011, com os cursos: Técnico em Restaurante e Bar – Subsequente; Técnico em Cozinha – PROEJA; e Técnico em Hospedagem – Integrado. Em 2013, começaram as atividades dos primeiros cursos de nível superior: Licenciatura em Ciências Biológicas e o curso de Tecnologia em Gastronomia. Suas linhas de pesquisa e extensão seguiram os eixos norteadores do Campus, em Turismo, Meio Ambiente, Ecologia, dentre outros.

Atualmente, estão em andamento os cursos: Técnico em Alimentos – Integrado (uma turma); Técnico em Agenciamento de Viagens – Integrado (duas turmas); Técnico em Agroindústria – Integrado (três turmas), Técnico em Meio Ambiente – Integrado (uma turma), Técnico em Agroecologia – Integrado (uma turma), Técnico em Guia de Turismo – Subsequente (uma turma) e Técnico em Cozinha – Proeja (duas turmas), Licenciatura em Ciências Biológicas (duas turmas) e Tecnologia em Gastronomia (uma turma).

O Campus Barreirinhas busca atender a missão do IFMA de promover educação profissional, científica e tecnológica, por meio da integração do ensino, pesquisa e extensão com foco na formação do cidadão e no desenvolvimento socioeconômico sustentável como processo educativo e investigativo de geração e adaptação de soluções técnicas e tecnológicas às demandas sociais e peculiaridades regionais. No momento de sua implantação, foi realizado um estudo que possibilitou o conhecimento do potencial da região em que foi instalado, no intuito de desenvolver suas ações de forma contextualizada às demandas locais, o que tornaria mais eficaz e eficiente suas atividades. Uma vez detectados e analisados os dados socioeconômicos e o potencial turístico do município, percebeu-se que a cidade se constituía em um local propício para que fosse implantado um campus, tendo em vista a possibilidade de oferecer cursos que formassem profissionais para esse eminente mercado de trabalho.

A cidade

Barreirinhas localiza-se a 272 quilômetros da capital maranhense, São Luís, na Mesorregião Norte Maranhense, Microrregião dos Lençóis Maranhenses, possuindo uma área territorial de 3.112 km². A população do município é de 54.991 habitantes (IBGE 2010), sendo o 38º município do estado em extensão territorial.

Situada à margem direita do Rio Preguiças, a cidade limita-se ao norte com o Oceano Atlântico, ao sul com os municípios de São Bernardo, Santa Quitéria do Maranhão e Urbano Santos; a leste com o município de Primeira Cruz e a oeste com Santo Amaro do Maranhão.

Barreirinhas tornou-se mundialmente conhecida por ser a porta de entrada para quase todos os municípios que compões os Lençóis Maranhenses, uma região turística que consiste em vastas áreas de altas dunas de areias brancas, lagos e lagoas naturais.

No que diz respeito à economia, 38% do setor primário local é sustentando pela agricultura de produtos básicos como o arroz, feijão, milho e mandioca, extração de carnaúba, castanha de caju, buriti, coco e carvão vegetal, além, da criação de animais, pesca e do artesanato fabricado com a fibra do buriti. No setor terciário, evidencia-se o turismo através de investimentos em suas áreas e serviços correlatos. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da cidade é 0,570 (Fonte: Atlas Brasil 2013 Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – 2010).

O desenvolvimento do setor terciário deve-se, sobretudo, à intensa divulgação das belezas naturais da região, destacando a cidade de Barreirinhas nos cenários nacional e mundial como um grande polo turístico nos últimos anos.

O crescimento acelerado alcançado através do turismo trouxe em seu bojo novos desafios, dentre os quais, a necessidade de promover melhorias na oferta de serviços relacionados à alimentação, lazer e meio ambiente.

Pôr do sol no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, em Barreirinhas

Pôr do sol no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, em Barreirinhas.

Fim do conteúdo da página